! é o seguinte - Território Livre

é o seguinte

Um a cada quatro jovens entre 18 e 24 anos está desempregado no Brasil. A porcentagem dos que simplesmente desistiram de procurar emprego e não constam nas estatísticas é inestimável. O governo, que privilegia os interesses burgueses, não tem mais o que oferecer. Vemos se aproximar o momento dos ataques há muito tempo anunciados por Dilma, Temer e companhia: reforma previdenciária, acordo coletivo especial, programa de proteção ao emprego, terceirizações.

Querem tirar o mínimo dos trabalhadores para tentar salvar os patrões da falência inevitável. Sem alternativas, a burguesia falida investe na lucrativa atividade de destruir sua própria civilização. Mas a história não andará para trás, não há como retornar aos “tempos áureos” burgueses.

Se hoje não há oportunidades para os jovens, o que se dirá de amanhã? É preciso lutar pelo futuro, construir a alternativa contra a miséria que o capital nos oferece. Não viveremos na barbárie! Não seremos uma geração perdida!