! é o seguinte - Território Livre

é o seguinte

O governo Dilma caiu diante da imensa insatisfação popular e a crise política parece longe de terminar.

Temer assumiu e seu governo já demonstra extrema fragilidade. A cada dia, mais e mais políticos de diferentes partidos são envolvidos com novas revelações e denúncias de corrupção.

Fica nítido que todo o sistema político está em crise e que o Estado foi fatiado durante anos para dar conta do apetite dos diversos setores burgueses. A cultura do toma lá dá cá, e a ascensão de figuras decadentes da política nacional são o coroamento de anos de conciliação dos governos petistas de Lula e Dilma. É impossível conciliar os nossos interesses aos da minoria de parasitas que vivem às custas do nosso trabalho. Agora, é preciso preparar a resistência aos ataques de Temer, os mesmos engatilhados por Dilma. Esses ataques expressam um conjunto de medidas que o grande capital aplica e quer aplicar nas costas de trabalhadores e jovens de diversos países diante da crise econômica. Não podemos nos deixar enganar com o retorno de Lula como um salvador da pátria, com meras promessas com verniz de esquerda. Em vez de recair nas velhas ilusões de salvar este Estado falido, é preciso abrir caminho para a luta independente. Os trabalhadores franceses em luta hoje mostram o caminho: o futuro nos pertence!

01.06.2016


Categorias: Edição 42, Editorial

Tags: , , ,