! abaixo a repressão na usp - Território Livre

abaixo a repressão na usp

Ontem a reitoria da USP deu mais uma demonstração do cerco que está montando contra a liberdade de organização dos estudantes e trabalhadores da universidade. A PM se instalou com forte efetivo no prédio da reitoria, cercou a assembleia estudantil, a implodiu, sitiou o campus, reprimiu a tentativa de ocupação dos blocos K e L, invadiu a moradia estudantil com bombas e balas de borracha, perseguiu e reprimiu estudantes até a prainha da ECA, e prendeu 5 estudantes.

Infelizmente o nosso movimento tem dado espaço para que PM se torne senhora do campus quando secundariza a necessária luta contra a repressão. Desde 2011 quando foi assinado pela primeira vez o convênio PM-USP, e mais recentemente com a implementação do plano “comunitário” de espionagem que aumentou o policiamento da cidade universitária, o Koban, o controle militar do campus institucionalizado pela reitoria vem se naturalizando. É fundamental ao movimento estudantil e sindical expulsar a PM e barrar seu domínio da universidade!

Em meio a uma forte greve unificada, o reitor encerra arbitrariamente o processo de negociação enquanto reprime os estudantes com força policial, prende, processa dezenas de estudantes e trabalhadores, corta os salários dos grevistas, ameaça de despejo a sede do SINTUSP, e ataca as entidades estudantis. Apesar das divergências que permeiam o nosso movimento, mais do que nunca é necessária a total unidade dos lutadores contra mais essa ofensiva da repressão na USP, o que está em jogo é a própria possibilidade de organização política na universidade de hoje em diante!

 

PELA UNIDADE DE ESTUDANTES E TRABALHADORES CONTRA A REPRESSÃO!
FORA PM!
FORA ZAGO!

17.06.2016


Categorias: Universidade

Tags: , , , , , , , ,